Opinião

Coronavírus: João, Luciano, Romero e a vacina contra diferenças

20 de março de 2020 às 11h18 Por Heron Cid
Combate ao coronavírus juntou governador e prefeitos adversários; um gesto de maturidade dos três

As palavras convencem. Os exemplos arrastam. O que o governador João Azevêdo e os prefeitos Luciano Cartaxo, de João Pessoa, e Romero Rodrigues, de Campina Grande, fizeram, ontem, não teve nada de extraordinário, em tese. Na prática, entretanto, um avanço institucional.

Este Blog começou a semana tratando desse tema, em artigo, e invocando a liderança do exemplo como vetor de poder e efeito pedagógico. 

O momento inspira e exigia mais do que anúncios isolados dos três maiores gestores públicos do Estado. O encontro, olho no olho, para afinar e potencializar ações conjuntas era uma questão estratégica. Administrativa, não política, frise-se.

João, Luciano e Romero souberam compreender esse instante e fizeram o que cabe a eles. Somente a eles. João com o mérito de chamar e os prefeitos com o crédito do desprendimento e da responsabilidade.

Agiram os três com discrição, tanto que a reunião foi anunciada somente na hora. Evitaram holofotes. E, de fato, não eram eles que precisavam brilhar. O gesto e o resultado falam mais do que os seus protagonistas.

Do encontro, saíram encaminhamentos para o enfrentamento ao temível coronavírus com políticas com mais chances de êxito e assertividade, porque integradas, coesas.

Não foi a foto. Foi a atitude. Uma mensagem para os cidadãos de que, nesse momento, qualquer diferença política é minúscula diante do interesse público de preservar vidas. Um sinal de amadurecimento do Estado.

Vídeo

Veja meu comentário na Hora H: “Queda de receita desafia contas públicas e economia”


A inversão…

Dona Candinha e a sentença da quarentena:

"A gente preso e os presos soltos!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Na roleta russa lançada, quem vai arriscar sair de casa?
NÚMERO

114 mortos

Número de pacientes mortos pela covid-19 no Brasil, nas últimas 24 horas, segundo boletim do Ministério da Saúde.