Bastidores

Presidente da Academia Paraibana de Medicina defende isolamento vertical e retomada responsável

28 de maio de 2020 às 15h55

Em artigo publicado hoje no Portal MaisPB, o médico João Medeiros Filho, presidente da Academia Paraibana de Medicina, defende a liberação paulatina das atividades e uma migração do isolamento social, que não vingou como projetado pelas autoridades, para o isolamento vertical (só grupos de risco) e distanciamento social, com medidas protetivas.

“Na Paraíba, por exemplo, cerca de 40 cidades ainda não registraram casos. Penso que se pode adotar o isolamento vertical, a exemplo de outras cidades, preservando os grupos de risco, e iniciar a liberação paulatina das atividades, de forma responsável, adotando o distanciamento social, o uso obrigatório de máscaras e EPIs para casos específicos, e a obediência às recomendações de higiene”, escreveu Medeiros.

O médico arremata: “A quarentena prolongada torna-se insuportável pelas repercussões emocionais – aumento dos índices de violência, suicídios ,etc. -, e econômicas. E enquanto não se dispõe de uma vacina, e torcemos pela sua rápida liberação, ficaremos sujeitos à imunização de rebanho”.

Leia o artigo na íntegra que trata sobre a pandemia. Clique aqui.

Vídeo

Heron Cid no Hora H: soltura de Queiroz também liberta Planalto


Mal cheirosa

Dona Candinha sobre o barulho resistência de setores governistas ao nome de Ricardo Feder para o MEC:

"Vai Feder!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
E se não for Tovar e nem Bruno em Campina Grande, pelo bloco de Romero?
NÚMERO

1.229

Número de mortos pela covid-19 na Paraíba, segundo boletim da Secretaria de Saúde do Estado (sexta-feira, 10.07.2020)