Bastidores

Covid ameaça e João Pessoa entra em alerta: não é terrorismo, é realidade

25 de maio de 2020 às 20h02

Era pra ser só uma entrevista sobre a iminência de novos decretos e novas medidas. Na conversa hoje à noite com o programa Hora H, da Rede Mais Rádio, o secretário de Saúde de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio, foi demasiadamente humano.

Deixou o cargo por uns instantes de lado e fez um desabafo plangente com algumas doses de impotência diante da tragédia social em curso no Brasil e na capital paraibana.

Talhado na gestão pública e servidor de carreira da Funasa há décadas, Fulgêncio não escondeu o desalento com a notícia da morte de um jovem de 23 anos, hoje, numa UPA de João Pessoa. “Não é um número, é uma pessoa”.

“A epidemia é muito ruim, mas ela está fazendo com que a gente coloque para fora o que somos. Vai além do corpo e da mente, ela vai no nosso âmago”, desabafou.

Como encontrar ânimo para continuar no front, perguntei:

– Eu sempre trabalhei questão estratégica e tática, hoje estou como técnico de futebol. Não posso pensar o segundo tempo. Eu tenho que pensar o próximo minuto. Antes de chegar em casa, eu estava preocupado em abrir leitos porque existe uma fila nas UPAS. Não dá pra pensar no que vai ser amanhã.

Adalberto previu dias difíceis: “Essa será uma noite difícil porque estamos chegando perto de atingir nossa rede máxima. A rede pública com 80% de ocupação e a rede privada não suporta isso”.

Os dados e a fala do secretário não mentem. A cidade caminha para viver um momento delicado. E isso não é terrorismo. É realidade. A de hoje e a que está por vir.

Ouça com seus próprios ouvidos…

Vídeo

Heron Cid no Hora H: “O mérito de Bolsonaro”


Amém

Dona Candinha sobre a escolha, enfim, depois de muita polêmica, do novo ministro da Educação. E é pastor:

"Aleluia!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
E se não for Tovar e nem Bruno em Campina Grande, pelo bloco de Romero?
NÚMERO

1.229

Número de mortos pela covid-19 na Paraíba, segundo boletim da Secretaria de Saúde do Estado (sexta-feira, 10.07.2020)