Bastidores

Vem aí a “Giga Bolsa”!

5 de maio de 2020 às 20h04

Depois do Bolsa Escola e do Bolsa Família, o Brasil pode ganhar uma “Giga Bolsa”. Ficou curioso? Explico. Se o Senado aprovar um projeto da senadora paraibana Daniella Ribeiro (PP), famílias carentes do Brasil cadastradas no CadÚnico (Cadastro Único de Programas Sociais) vão ter direito a R$ 100 mensais para serviços de telecomunicações (telefone e internet).

Na prática, numa realidade em que até para ligações o consumidor costumar usar o pacote de dados, será uma espécie de vale internet, literalmente.

Mas, como isso será possível? A resposta está no texto da proposta da senadora. Os recursos já existem e estão reservados no Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust). Lá, desde a criação do Fust, há um acúmulo de aproximadamente de R$ 22 bilhões.

Um recurso que a autora da propositura considera mais útil sendo revertido neste momento atípico para um serviço de utilidade pública e dirigido especialmente à famílias de baixa renda afetadas pelos efeitos da crise do novo coronavírus. Muito mais interessante do que ficar guardado, mofando.

Uma ação de duplo alcance, reconheça-se. Um investimento e um reinvestimento. Investimento quando injeta acesso à informação, ou manutenção deste, nas camadas mais vulneráveis. E um reinvestimento nas operadoras cujos faturamentos foram atingidos pela espiral econômica.

Agora, vale uma torcida pela rápida tramitação no Senado, diferente de nossa arrastada internet brasileira. Que vende giga e entrega bites.

Vídeo

Heron Cid no Hora H: o “novo normal” na eleição de 2020


Mal cheirosa

Dona Candinha sobre o barulho resistência de setores governistas ao nome de Ricardo Feder para o MEC:

"Vai Feder!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
E se não for Tovar e nem Bruno em Campina Grande, pelo bloco de Romero?
NÚMERO

R$ 798 milhões

Valor total do pacote de obras anunciado pelo governador João Azevêdo para retomada da Paraíba.