Bastidores

Unimed-JP, a vez de Gualter Ramalho e a vitória da resiliência

28 de março de 2020 às 21h47
Gualter Ramalho e uma vitória histórica na Unimed-JP

Uma vitória elástica. Com 76,96% dos votos válidos, o médico Gualter Ramalho foi eleito o mais novo presidente da Unimed-João Pessoa, em eleição neste sábado que reuniu os cooperados do maior plano de saúde da Paraíba.

Gualter Ramalho – da chapa Unimed Contemporânea – obteve 1.096 sufrágios contra apenas 320 da sua concorrente, Maria de Fátima Oliveira (Chapa Juntos Somos Unimed).

Foram 18 votos brancos e 16 nulos. A eleição registrou o comparecimento de 1.423 cooperados.

Anestesiologista, Gualter já havia tentado a presidência da Unimed no pleito contra o atual presidente, Demóstenes Cunha Lima, que decidiu não concorrer à reeleição, assim como seu antecessor, Alexandre Magno.

Gualter foi decisivo na vitória de Magno, quando participou, articulou e ajudou a fundar um grupo responsável por quebrar uma hegemonia de vários mandatos repetidos de Aucélio Gusmão, tida e havida à época como invencível.

A derrota da eleição anterior imprimiu o estilo de Gualter. Ele soube aceitar o resultado adverso e se resguardou em resiliência, esperando o momento adequado da retomada.

Em novo cenário, a categoria soube reconhecer sua obstinação e interpretar os seus propósitos do desafio de gerenciar a instituição no momento de percalços da saúde privada, acrescida de novos componentes de concorrência.

Uma postura plantada que agora Gualter colhe ao receber de amplíssima maioria o comando da cooperativa com um resultado arrebatador, incontestável e histórico.

Um cartão verde com alto crédito de seus colegas de cooperativa. Quem conhece, sabe que Gualter fará valer essa oportunidade. Ele assumirá no quadro mais desafiador da saúde no Brasil, o que exige líderes à altura da complexidade da missão.

Vídeo

“A diferença entre protesto e baderna”; comentário de Heron Cid no Hora H


De plástico

Dona Candinha não gostou do pudim da padaria próxima:

"É mais artificial do que Dória!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Legislativo e Judiciário produzem mais no modo remoto ou é impressão?
NÚMERO

468.338

Casos confirmados da covid-19 no Brasil, até o boletim da sexta-feira (29).