Brasas

Bolsonaro, Mandetta e o beco estreito

25 de março de 2020 às 20h07

Num governo sério, depois do que foi dito em rede nacional, ou o presidente Jair Bolsonaro demite o ministro da Saúde por discordância da política de confinamento, ou Henrique Mandetta (DEM), por questão de dignidade pessoal, pede demissão. No espaço do debate do coronavírus não cabe mais os dois. Estão confinados em mundos separados.

Vídeo

Veja meu comentário na Hora H: “Queda de receita desafia contas públicas e economia”


A inversão…

Dona Candinha e a sentença da quarentena:

"A gente preso e os presos soltos!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Na roleta russa lançada, quem vai arriscar sair de casa?
NÚMERO

114 mortos

Número de pacientes mortos pela covid-19 no Brasil, nas últimas 24 horas, segundo boletim do Ministério da Saúde.