Ponto de Interrogação

No pronunciamento que fará, Ricardo focará na defesa jurídica ou já puxará o debate da eleição em João Pessoa?

12 de março de 2020 às 13h23

(BRASÍLIA) – No pronunciamento que fará nesta sexta-feira, o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) ficará na defesa jurídica do grave processo que reponde na Operação Calvário, ou o socialista aproveitará a ocasião para polarizar com algum presumido adversário e pautará a dá-la pela sucessão em João Pessoa?

A pergunta faz todo o sentido um dia antes da entrevista organizada pela assessoria do político.

Desde depois da prisão, convertida em medidas cautelares e uso de tornozeleira, Coutinho adotou comedimento nas aparições e discussões públicos.

Essa semana ele voltou a ser alvo de denúncia formal do MP, sob a acusação de orquestrar dossiês para intimidar conselheiros e abafar investigações no Tribunal de Contas sobre a Cruz Vermelha, organização que “administrava” o Hospital de Trauma de João Pessoa.

Ao mesmo tempo, nova fase da Operação reforçou a participação de seu irmão, Coriolano Coutinho, em atividades ilícitas e lavagem de dinheiro.

O que Coutinho dirá ao distinto público?

Vídeo

Heron Cid no Hora H: “Só teme lei contra fake news quem produz”


Quem tem, tem medo!

Dona Candinha sobre o atual momento político no Planalto:

"Tá todo mundo com o QUeiroz na mão!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Com o noticiário político atual, quem no Brasil precisa de série para maratonar?
NÚMERO

100%

Índice de ocupação de leitos de UTI para covid-19 em Natal, Rio Grande do Norte, há pelo menos um mês.