Brasas

O morde e assopra na CCJ

11 de fevereiro de 2020 às 23h12

Na CCJ da Assembleia, o G11 – grupo paragovernista – oscilou entre favorável e contrário à matérias do governo. Representados pelos deputados Taciano Diniz (Avante) e Felipe Leitão (DEM), disse “sim” à alteração da PBprev e “não” a Fundação PB Saúde, proposta do Estado para substituir as bichadas organizações sociais na gestão de hospitais da Paraíba. Pollyana Dutra (PSB) divergiu do grupo e seguiu a orientação do líder Ricardo Barbosa (PSB).

Vídeo

Meu comentário na Hora H: “Um dia é do ‘réu’, outro do relator”


Foliando

Dona Candinha sobre a determinação do uso de tornozeleira eletrônica para investigados na Operação Calvário:

"Isso é que é pular carnaval com um pé só!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Qual será o despacho do desembargador Ricardo Vital, a quem cabe a tarefa de adaptar as medidas cautelares contra Ricardo Coutinho?
NÚMERO

1

Assassinato por hora no Ceará, depois do motim dos policiais militares.