Opinião

Um passo a mais na difícil equação

30 de janeiro de 2020 às 11h58 Por Heron Cid
João Azevêdo e representantes de categorias das polícias em reunião no Palácio da Redenção

Para o coronel Marcos Sobreira, presidente da Caixa Beneficente da Polícia Militar, a audiência realizada entre categorias da segurança pública e o Governo do Estado, ontem, no Palácio da Redenção, foi “um passo a mais”.

A palavra de Sobreira indica um ar de confiança na prosperidade das negociações, apesar do momento tenso e do acumulado de pleitos das polícias.

Até o coronel Francisco, do Clube dos Oficiais, manteve tom de serenidade ao deixar a reunião que não produziu o acordo que a representação queria, mas avançou nas negociações sobre a incorporação da Bolsa Desempenho, uma antiga reivindicação dos policiais que não levam o benefício para a aposentadoria.

Há, claro, setores mais radiciais que pregam a paralisação, às portas do carnaval, para fragilizar e forçar o governo a ceder o máximo possível.

O ambiente econômico e social, entretanto, não favorece a radicalização, mas recomenda o esgotamento de todas as possibilidades de diálogo e de acordo.

O certo é que as forças de segurança nunca estiveram tão unificadas como agora. Habituada aos rachas políticos internos, todas as tendências das polícias fecharam questão em torno dessa bandeira de reparos.

Como também é certo que o atual governo não tem lastro financeiro suficiente para atender todas as demandas acumuladas da última década.

Nem da segurança e nem de outras categorias tão relevantes quanto. O governo terá que fazer esse debate com transparência, de um lado, e justiça, do outro.

O momento é de menos política e mais de orçamento. Menos de emoção e mais de razão.

Vídeo

Heron Cid no Hora H: “O mérito de Bolsonaro”


Amém

Dona Candinha sobre a escolha, enfim, depois de muita polêmica, do novo ministro da Educação. E é pastor:

"Aleluia!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
E se não for Tovar e nem Bruno em Campina Grande, pelo bloco de Romero?
NÚMERO

1.229

Número de mortos pela covid-19 na Paraíba, segundo boletim da Secretaria de Saúde do Estado (sexta-feira, 10.07.2020)