Bastidores

João, as polícias e os números na mesa

28 de janeiro de 2020 às 23h55
João Azevedo, governador da Paraíba

“A gente vai sentar e dialogar, os números serão colocados na mesa e vamos verificar. Não temos interesse de esconder nada”. A afirmação foi do governador João Azevêdo (sem partido), por telefone, na noite desta terça-feira, ao programa Hora H, veiculado das 18h às 19h, na Rádio Pop FM 89,3, em João Pessoa, na Rede Mais composta por outras 13 emissoras comerciais nas principais cidades da Paraíba.

Ele se referia ao encontro marcado para às 15h, no Palácio da Redenção, com as polícias, categoria que reivindica aumento superior aos 5% concedidos e anunciados pelo Governo do Estado.

Direto de Brasília, onde cumpriu agenda administrativa, em entrevista ao autor do Blog e o jornalista Wallison Bezerra, João enfatizou que o encontro é o segundo, em um ano, com as polícias. “É algo inédito na Paraíba”, frisou.

Os policiais, por sua vez, lutam por um outro ineditismo: o do reajuste.

Vídeo

Heron Cid no Hora H: “O mérito de Bolsonaro”


Amém

Dona Candinha sobre a escolha, enfim, depois de muita polêmica, do novo ministro da Educação. E é pastor:

"Aleluia!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
E se não for Tovar e nem Bruno em Campina Grande, pelo bloco de Romero?
NÚMERO

1.229

Número de mortos pela covid-19 na Paraíba, segundo boletim da Secretaria de Saúde do Estado (sexta-feira, 10.07.2020)