Bastidores

Chefe do Gaeco-PB fala da missão na PGR

14 de janeiro de 2020 às 17h53
Octávio Paulo Neto diz que Gaeco agiu para cumprir a lei, não para forçar delação

Ao Blog, o coordenador do Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado, na Paraíba, Octávio Paulo Neto, do Ministério Público, falou de sua atuação na Secretaria de Perícia, Pesquisa e Análise. Procuradoria Geral da República, para onde foi recentemente nomeado.

“A ideia é cooperativa e colaborativa para juntarmos forças para a customização de aplicações mais assertivas no combate à corrupção e ao crime organizado”, disse Paulo Neto.

A atuação destacada de Octávio na Paraíba agora está a serviço do Brasil.

Vídeo

Não ouviu? Ouça e reveja programa Hora H desta sexta (17.01.2020)


Novo calendário

Se um dia for parlamentar, Dona Candinha já tem em mente um projeto de lei para instituir um dia de uma categoria em evidência na Paraíba:

"Dia do delator!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Qual é o deadline de Romero Rodrigues para a escolha do seu candidato em Campina Grande?
NÚMERO

R$ 150 bilhões

Aporte que o Governo Federal pretende arrecadar com privatizações de estatais e subsidiárias, em 2020.