Bastidores

O play do PV, a estratégia de Luciano e a ‘maturação’ dos nomes

13 de janeiro de 2020 às 11h24

Luciano Cartaxo, prefeito de João Pessoa, exerce, na prática, aquele velho adágio: nem tanto ao mar, nem tanto à terra.

A sua iniciativa de chamar o PV para apertar o play das eleições em João Pessoa, mas sem bater martelo em nomes, exemplifica sua personalidade política.

Deu o recado para dentro, o que seu candidato, ou candidata, sai do seu partido e da sua gestão. Não fecha questão, por enquanto.

A estratégia é a da maturação. Abre o debate sem imposição e vacinado de personalismo.

Cria, assim, o ambiente da discussão, do afunilamento interno, para que o resultado desse movimento de ‘diálogo’ aponte o caminho.

A mensagem política que pretende transmitir para fora parece clara: o futuro candidato a ser apresentado não pode ser produto de uma vontade individual, mas de um sentimento plural e para cumprir um propósito administrativo.

No caso do candidato governista, a manutenção e aperfeiçoamento de um modelo de gestão.

E, baseado no timing de janeiro, o prefeito deve usar os próximos dois meses para ampliar o debate e testar os nomes, para só ungir alguém pós-carnaval.

Por que Luciano, então, não tem pressa?

Se lançasse oficialmente uma candidatura agora estaria antecipando a campanha. E qual interesse nisso tem quem estar no exercício do mandato e com o domínio da estrutura? Nenhum.

Cartaxo já tem os frutos (nomes) na mão. Agora, trabalha para amadurecê-los. O poeta Jurandy da Feira, em canção gravada por Luiz Gonzaga, já filosofava: “O fruto bom dá no tempo”.

Prever a hora certa da colheita é tão importante quanto saber o momento propício de plantar.

Vídeo

Hora H: os Bolsonaro e Queiroz, cada enxadada é uma minhoca


Vitamina C

Conselho de um bolsonarista contra covid-19:

"Laranja em casa!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Como Cícero pode conciliar, em 2020, os interesses do governador João Azevêdo e o projeto do PP em 2022?
NÚMERO

488

Número de suspeitos presos pelo Batalhão de Policiamento de Motocicletas, instalado há um ano na Paraíba.