Bastidores

Calvário: MP formaliza denúncia contra Ricardo e mais 34

13 de janeiro de 2020 às 20h20

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) protocolou no Tribunal de Justiça, nesta segunda-feira (13/01), a sexta denúncia com base nas investigações da “Operação Calvário”. O alvo principal é o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), que teve, um mês antes, o pedido de prisão preventiva decretado pelo Tribunal de Justiça.

Na peça jurídica, o Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) e a Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e a Improbidade Administrativa (Ccrimp) acusam 35 gentes públicos, empresários e operadores financeiros de formarem uma organização criminosa (Orcrim) para a prática de delitos, como corrupção e lavagem de ativos, através de atividades de organizações sociais (OSs) na saúde e da adoção de inexigibilidades (fraudadas) na educação.

Na denúncia, o socialista é apresentado como mentor e chefe da organização.

O processo agora corre no âmbito da Justiça. A depender da média dos últimos casos rumorosos, o trâmite não demora até o julgamento.

Vídeo

Não ouviu? Ouça e reveja programa Hora H desta sexta (17.01.2020)


Novo calendário

Se um dia for parlamentar, Dona Candinha já tem em mente um projeto de lei para instituir um dia de uma categoria em evidência na Paraíba:

"Dia do delator!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Qual é o deadline de Romero Rodrigues para a escolha do seu candidato em Campina Grande?
NÚMERO

R$ 150 bilhões

Aporte que o Governo Federal pretende arrecadar com privatizações de estatais e subsidiárias, em 2020.