Bastidores

Calvário: MP formaliza denúncia contra Ricardo e mais 34

13 de janeiro de 2020 às 20h20

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) protocolou no Tribunal de Justiça, nesta segunda-feira (13/01), a sexta denúncia com base nas investigações da “Operação Calvário”. O alvo principal é o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), que teve, um mês antes, o pedido de prisão preventiva decretado pelo Tribunal de Justiça.

Na peça jurídica, o Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) e a Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e a Improbidade Administrativa (Ccrimp) acusam 35 gentes públicos, empresários e operadores financeiros de formarem uma organização criminosa (Orcrim) para a prática de delitos, como corrupção e lavagem de ativos, através de atividades de organizações sociais (OSs) na saúde e da adoção de inexigibilidades (fraudadas) na educação.

Na denúncia, o socialista é apresentado como mentor e chefe da organização.

O processo agora corre no âmbito da Justiça. A depender da média dos últimos casos rumorosos, o trâmite não demora até o julgamento.

Vídeo

Hora H: os Bolsonaro e Queiroz, cada enxadada é uma minhoca


Vitamina C

Conselho de um bolsonarista contra covid-19:

"Laranja em casa!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Como Cícero pode conciliar, em 2020, os interesses do governador João Azevêdo e o projeto do PP em 2022?
NÚMERO

488

Número de suspeitos presos pelo Batalhão de Policiamento de Motocicletas, instalado há um ano na Paraíba.