Bastidores

Gervásio assume PSB e desafio em João Pessoa

8 de janeiro de 2020 às 17h02
Gervásio Maia entra em cena para segurar o bastão de Ricardo Coutinho

Coube ao deputado federal Gervásio Maia segurar a onda e o comando da comissão provisória do PSB na Paraíba, em tempos de intensa turbulência.

Da ala do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) que tem mandato, Maia é o único que até agora ainda não foi citado e nem denunciado na Operação Calvário.

A escolha dele, portanto, obedece a uma lógica. A mesma que levou o partido a remover, por estratégia, o ex-governador da presidência interina da legenda, depois de acusado, formalmente, pelo Ministério Público, e preso por chefiar uma organização criminosa que teria desviado quase R$ 200 milhões em contratos da saúde e educação.

Maia, nesse contexto, é o nome que o PSB tem apto e com estatura política (deputado federal) para tocar a vida partidária da sigla, chamuscada gravemente pela investigação.

Se antes Gervásio já vinha tendo terreno preparado pelo próprio Ricardo para representar a sigla na disputa pela Prefeitura de João Pessoa, agora, mais do que nunca, é o nome para segurar o porta-estandarte da legenda no território onde o PSB um dia se firmou na política paraibana.

Dessa vez, entretanto, o cenário é pra lá de adverso. Uma pedreira lhe espera no caminho.

Vídeo

Heron Cid no Hora H comenta a “indignação seletiva”


Mal cheirosa

Dona Candinha sobre o barulho resistência de setores governistas ao nome de Ricardo Feder para o MEC:

"Vai Feder!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
E se não for Tovar e nem Bruno em Campina Grande, pelo bloco de Romero?
NÚMERO

1,7 milhão

Número de máscaras protetivas distribuídas pelo Governo da Paraíba, até agora, na pandemia.