Bastidores

Meu comentário na Hora H: “Entre ataques e autocrítica, o desafio da imprensa”

6 de janeiro de 2020 às 20h28

No segundo comentário da série sobre desafios de 2020, o autor do Blog traz uma reflexão acerca do papel da imprensa, instituição alvo de constantes ataques do presidente da República, Jair Bolsonaro, no presente, e do PT, em recente passado.

O jornalismo passa por transformações com o advento da Internet. Os profissionais da mídia são desafiados a manter sua essência e sua indispensável presença na democracia, em tempos de tantas mudanças e urgências.

Os ataques são descabidos. A virulência autoritária do presidente, ainda mais. Cabe, todavia, autocrítica. Para onde a velocidade e a superficialidade estão levando a comunicação de massa?

Confira a abordagem na abertura do Hora H, programa de rádio, de segunda à sexta, das 18h às 19h, que apresento ao lado de Wallison Bezerra, a partir dos estúdios do Portal MaisPB, tento a Rádio Pop FM 89,3 em João Pessoa como cabeça de rede para mais 12 emissoras.

Rádio Cariri 101.1 FM (Campina Grande)

Rádio Pop 105.3 FM (Areia)

Rádio Constelação 92.1 FM (Guarabira)

Rádio Caruá 90.1 FM (Soledade)

Rádio Ind 107.7 FM (Serra Branca)

Rádio Princesa 92.5 FM (Princesa Isabel)

Rádio Conceição 100.3 FM (Conceição)

Rádio Bom Sucesso 101.7 FM (Pombal)

Rádio Progresso 610 AM (Sousa)

Rádio Itatiunga 102,9 FM (Patos)

Rádio Independência 94.7 FM (Catolé do Rocha)

Rádio Mais 97.7 FM (Cajazeiras)

Vídeo

Heron Cid no Hora H: “O mérito de Bolsonaro”


Amém

Dona Candinha sobre a escolha, enfim, depois de muita polêmica, do novo ministro da Educação. E é pastor:

"Aleluia!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
E se não for Tovar e nem Bruno em Campina Grande, pelo bloco de Romero?
NÚMERO

R$ 3,5 bilhões 

Valor disponibilizado pelo Banco do Nordeste para agricultura familiar para o Plano Safra 2020/2021.