Bastidores

Governo vira placar na batalha jurídica com oposição

16 de dezembro de 2019 às 14h27
Ministro do STF, Dias Toffoli (foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

O projeto de reforma da previdência estadual pode ser votado a qualquer momento. O calendário volta ao controle e comando do presidente da Assembleia, Adriano Galdino (PSB). Esse é o efeito prático da decisão de outro presidente, o do STF. Dias Toffoli acatou argumentos do Governo do Estado e derrubou liminar concedida pelo juiz Onaldo Queiroga, do Tribunal de Justiça da Paraíba, que impedia a votação da proposta. Na Paraíba, a oposição ganhou duas batalhas jurídicas. O governo ganhou uma em Brasília, que valeu pelas duas. Uma cesta de três pontos nos últimos segundos do jogo.

Vídeo

Vídeo: pré-candidato em JP, Wilson Filho encara perguntas e fala sobre tudo


Vitamina C

Conselho de um bolsonarista contra covid-19:

"Laranja em casa!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Como Cícero pode conciliar, em 2020, os interesses do governador João Azevêdo e o projeto do PP em 2022?
NÚMERO

100.240

Número de mortos pela covid-19, no Brasil, segundo a atualização divulgada neste sábado (08.08.2020)