Bastidores

Hora H: relator de nova lei explica mudança no saque do FGTS; ouça

12 de dezembro de 2019 às 19h42

A nova lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre o FGTS tem a relatoria do deputado federal paraibano Hugo Motta (Republicano). O valor do saque subiu de R$ 500 para R$ 998. Em entrevista hoje ao programa Hora H, na Rede Mais Conteúdo, Hugo informou que quem já recebeu o benefício pode sacá-lo novamente.

Nesse caso, aqueles que se enquadram na regra do salário mínimo e já sacaram os R$ 500 poderão sacar os R$ 498 restantes. O prazo limite para a retirada é 31 de março de 2020, mas os valores serão disponibilizados até o final do ano.

“Quem tem conta na Caixa o recurso vai ser creditado automaticamente. Quem tiver conta em outro banco, precisará ir até a Caixa fazer o saque”, ressaltou Motta.

Essa foi – segundo o parlamentar – a medida principal aprovada por Bolsonaro. Na opinião do deputado paraibano, as mudanças na MP vão dar mais eficiência à economia e ajudar o trabalhador.

Ouça a entrevista ao autor do Blog e ao jornalista Heron Cid:

Vídeo

Heron Cid no Hora H comenta a “indignação seletiva”


Mal cheirosa

Dona Candinha sobre o barulho resistência de setores governistas ao nome de Ricardo Feder para o MEC:

"Vai Feder!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
E se não for Tovar e nem Bruno em Campina Grande, pelo bloco de Romero?
NÚMERO

1,7 milhão

Número de máscaras protetivas distribuídas pelo Governo da Paraíba, até agora, na pandemia.