Bastidores

O que falta a Diego falta a todos do grupo de Luciano

9 de dezembro de 2019 às 15h51

Empresário e secretário polivalente da Prefeitura de João Pessoa, Diego Tavares consegue o que poucos da gestão municipal podem oferecer em contrapartida: trazer um voto além do que a administração municipal já tem.

Dono de boa imagem pessoal e forte vínculo com setores da classe média e alta da cidade, Diego circula bem no meio empresarial e nos chamados setores produtivos, segmento que costuma influenciar.

Um problema no caminho.

No patamar de 2% na pesquisa Opinião/MaisPB, falta a Tavares o que escasseia também para todos os demais pré-candidatos do grupo político do prefeito Luciano Cartaxo: o “sim”.

Sem esse aval para dentro e para fora, nenhum candidato da gestão vai muito longe nessa fase da pré-campanha.

O eleitor de Luciano ainda aguarda o seu rumo, que até agora se limita a jogar a decisão para frente.

Ainda sem uma bússola para se orientar, o simpatizante do prefeito responde nas pesquisas os nomes mais conhecidos.

Enquanto o prefeito não verbalizar sobre para quem vai o seu disputado apoio, a cena se repetirá. E os números e o fogo amigo também.

Vídeo

Comentário na Hora H: “A triplicação e a hora de a Paraíba testar prestígio”


Novo calendário

Se um dia for parlamentar, Dona Candinha já tem em mente um projeto de lei para instituir um dia de uma categoria em evidência na Paraíba:

"Dia do delator!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
O pedido de CPI das OS, anunciado pela oposição, vai incluir deputados citados em delações?
NÚMERO

R$ 3 milhões

Investimento do Grupo Drumattos, em nova unidade do Camarada Camarão, a ser inaugurada em João Pessoa, com previsão de 80 empregos.