Opinião

Maranhão quer avião do MDB decolando em João Pessoa 

26 de novembro de 2019 às 08h26 Por Heron Cid
José Maranhão, senador e presidente estadual do MDB

(BRASÍLIA) – O senador José Maranhão já deu o tom semana passada ao jornalista Wallison Bezerra, do Portal MaisPB, direto de Brasília.

O seu MDB vai conversar “com todo mundo” sobre a sucessão municipal em João Pessoa.

Repetiu ontem em entrevistas na Paraíba.

O excesso de sinceridade do decano da política paraibana é a senha para o diálogo aberto da sua sigla com quem interessar possa.

Experiente, Maranhão exerce aquela velha máxima: quem não é visto, não é lembrado.

Como dirigente partidário, quer pecar por excesso, não por omissão.

Bem ao estilo da canção dos bem-sucedidos, porém efêmeros Tribalistas, o MDB de Maranhão quer ser de todo mundo para todo mundo ser seu também.

Ele botou o avião na pista. Mas há um precedente: de 2004 pra cá, o MDB ou assistiu a eleição do pátio ou indicou co-pilotos para vice.

A última vez que essa aeronave saiu do hangar na capital foi com o próprio Zé em 2012 e não teve motor para chegar ao segundo turno.

Em 2020, Maranhão quer fazer a sua estacionada máquina partidária decolar numa eleição ainda aberta.

Vídeo

Meu comentário na Hora H: “Coronavírus lá fora e o efeito dentro da gente”


Os próximos 9 meses

Assanhada, Dona Candinha diz que nem tudo é privação e saiu-se com essa:

"Vêm aí os filhos da quarentena!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Na roleta russa lançada, quem vai arriscar sair de casa?
NÚMERO

3.415

Número de mortos pela Covid-19 nos Estados Unidos, até a tarde dessa terça-feira (31).