Bastidores

Comissão Interventora do PSB deflagra ‘Operação Faxina’; Pilar e agora Sapé

29 de outubro de 2019 às 11h48
Roberto Feliciano, prefeito de Sapé, a segunda maior cidade administrada pelo PSB é removido da comissão do partido

Ontem foi o prefeito de Pilar, Benício Neto (PSB). Hoje, o prefeito de Sapé, Roberto Feliciano (PSB). Os dois têm uma sina comum: ambos foram destituídos do comando do PSB, em seus respectivos municípios. Outro ponto liga os municípios e a destituição; as duas cidades integram a base da deputada estadual Cida Ramos (PSB).

Sapé, terra natal de Cida, é a segunda maior cidade administrada pelo PSB. Lá, o prefeito Roberto Feliciano – um dos primeiros a se filiar ao Jardim Girassol no Estado – foi eleito e reeleito. A bancada do PSB na cidade é formada por três vereadores.

Nada disso foi suficiente para impedir a dissolução da Comissão Provisória que vinha administrando a sigla na cidade. Assessores do prefeito alegam que não houve qualquer diálogo ou tratativa antes da dissolução. Nesse caso, não houve a tal autodissolução.

Conforme o Blog apurou, Cida Ramos – com alto prestígio junto ao presidente Comissão Interventora do PSB, Ricardo Coutinho, designada pela Executiva Nacional, indicou aliados nas comissões provisórias dos dois municípios do seu raio de atuação.

A Operação Faxina no PSB é consequência imediata da intervenção estadual, processo que se verticaliza agora para os municípios. Quem não está alinhado com o comando do ex-governador começa a ser removido do partido. E se optar por seguir o governador João Azevêdo, a sentença é sumária.

Vídeo

Meu comentário na Hora H: “Coronavírus lá fora e o efeito dentro da gente”


Acautelados

Dona Candinha sobre o coronavírus na Paraíba:

"Para uns, a quarentena aqui começou mais cedo!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
A rede hospitalar da Paraíba tem leitos de UTI suficiente para enfrentar o coronavírus?
NÚMERO

R$ 600

Valor do auxílio anunciado pelo Governo Federal para trabalhadores informais, durante três meses da crise do coronavírus.