Bastidores

Maia centra fogo no governo e pergunta: “João quer romper”?

25 de outubro de 2019 às 11h03
Gervásio Maia acusa governo de chantagear lideranças do PSB

Ontem, o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), registrou, em entrevista à Rádio Arapuan, que o único deputado federal do seu partido também foi o único entre os parlamentares com quem não conseguiu se encontrar na sua agenda em Brasília para pedir por emendas da bancada.

Hoje, o deputado Maia (PSB) reagiu com farta munição. Na Assembleia Legislativa, onde participou de audiência pública para discutir do Estatuto da Criança e Adolescente, o socialista, que de menino não tem nada, denunciou pressão do governo de João Azevêdo (PSB) a lideranças do PSB, legenda que vive em crise política interna.

Nas palavras de Gervásio, socialistas estão sendo intimados a se decidirem com quem ficarão: João ou Ricardo?

“O governador João tem adotado umas medidas que geram dúvidas muito grande. Por exemplo, a equipe mais perto dele tem telefonado constantemente para as nossas lideranças nos municípios, perguntando de que lado eles ficarão. O que está tendo? João quer romper?”, questionou, sem dar nome aos bois.

Quando pergunta se “João quer romper”, depois de acusar diretamente o governo de chantagem política, a interrogação volta automática e naturalmente ao colo do seu emissor: “Gervásio quer romper”?

Vídeo

Meu comentário na Hora H: “Coronavírus lá fora e o efeito dentro da gente”


Os próximos 9 meses

Assanhada, Dona Candinha diz que nem tudo é privação e saiu-se com essa:

"Vêm aí os filhos da quarentena!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Na roleta russa lançada, quem vai arriscar sair de casa?
NÚMERO

3.415

Número de mortos pela Covid-19 nos Estados Unidos, até a tarde dessa terça-feira (31).