Bastidores

PT “fecha” dois apoios a Ricardo; nenhum a João

21 de outubro de 2019 às 16h26
Encontro Estadual do PT, em João Pessoa

Uma mensagem ficou explícita do Encontro Estadual do PT, que renovou seu diretório: o partido está “fechado” no apoio ao ex-governador Ricardo Coutinho. O esforço da legenda ficou patente.

A legenda aprovou moção de solidariedade a Ricardo, alvo de críticas de adversários pelos desdobramentos e revelações da Operação Calvário, e anunciou que, sendo candidato a prefeito de João Pessoa, Coutinho pode contar com o PT.

“Agora, ele precisa dizer que é candidato”, advertiu, entretanto, Jackson Macêdo, reconduzido presidente estadual da sigla.

Do PT, Ricardo não tem o que reclamar. De um encontro, o ex-governador saiu com dois apoios dos petistas: um político-eleitoral e outro moral.

Já o governador João Azevêdo (PSB) não teve a mesma sorte. Nenhuma nota, quase nenhuma palavra.

Não se sabe como o núcleo do governo, do qual o PT participa, encarou essas manifestações e desagravos pró-Ricardo e silêncio sepulcral sobre a gestão de João.

Foi recado? Na crise do PSB, o petismo já escolheu seu lado? A conferir…

Vídeo

Heron Cid no Hora H: “O mérito de Bolsonaro”


Amém

Dona Candinha sobre a escolha, enfim, depois de muita polêmica, do novo ministro da Educação. E é pastor:

"Aleluia!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
E se não for Tovar e nem Bruno em Campina Grande, pelo bloco de Romero?
NÚMERO

R$ 3,5 bilhões 

Valor disponibilizado pelo Banco do Nordeste para agricultura familiar para o Plano Safra 2020/2021.