Bastidores

PT “fecha” dois apoios a Ricardo; nenhum a João

21 de outubro de 2019 às 16h26
Encontro Estadual do PT, em João Pessoa

Uma mensagem ficou explícita do Encontro Estadual do PT, que renovou seu diretório: o partido está “fechado” no apoio ao ex-governador Ricardo Coutinho. O esforço da legenda ficou patente.

A legenda aprovou moção de solidariedade a Ricardo, alvo de críticas de adversários pelos desdobramentos e revelações da Operação Calvário, e anunciou que, sendo candidato a prefeito de João Pessoa, Coutinho pode contar com o PT.

“Agora, ele precisa dizer que é candidato”, advertiu, entretanto, Jackson Macêdo, reconduzido presidente estadual da sigla.

Do PT, Ricardo não tem o que reclamar. De um encontro, o ex-governador saiu com dois apoios dos petistas: um político-eleitoral e outro moral.

Já o governador João Azevêdo (PSB) não teve a mesma sorte. Nenhuma nota, quase nenhuma palavra.

Não se sabe como o núcleo do governo, do qual o PT participa, encarou essas manifestações e desagravos pró-Ricardo e silêncio sepulcral sobre a gestão de João.

Foi recado? Na crise do PSB, o petismo já escolheu seu lado? A conferir…

Vídeo

Não ouviu? Ouça e reveja programa Hora H desta sexta (17.01.2020)


Novo calendário

Se um dia for parlamentar, Dona Candinha já tem em mente um projeto de lei para instituir um dia de uma categoria em evidência na Paraíba:

"Dia do delator!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
O pedido de CPI das OS, anunciado pela oposição, vai incluir deputados citados em delações?
NÚMERO

R$ 3 milhões

Investimento do Grupo Drumattos, em nova unidade do Camarada Camarão, a ser inaugurada em João Pessoa, com previsão de 80 empregos.