Bastidores

Modelo de gestão via OS na Saúde passa a ser questionado até por aliados

15 de outubro de 2019 às 12h21

A deputada estadual Pollyana Dutra (PSB) foi a primeira aliada a publicamente se manifestar pelo fim do modelo de gestão pactuada, via organização social, na saúde estadual da Paraíba. Na Assembleia, hoje, a parlamentar defendeu a tese de que o próprio Estado deve fazer a gestão, manutenção e monitoramento do serviço.

O sistema na Paraíba é alvo de suspeitas e investigação de desvios de recursos públicos na Operação Calvário. Os desdobramentos levaram o Governo a decretar intervenção nos principais hospitais gerenciados por esse modelo. Depois do Trauma de João Pessoa, os últimos foram o Metropolitano de Santa Rita e o Regional de Mamanguape, gerenciados pelo IPCEP.

Ontem, o Blog tratou, em artigo, da insustentabilidade do modelo. O secretário de Saúde, Geraldo Medeiros, admitiu que o governo estuda outros sistemas. Agora, até aliados pedem reconsideração. A luz amarela está ligada!

Vídeo

Heron Cid no Hora H: soltura de Queiroz também liberta Planalto


Mal cheirosa

Dona Candinha sobre o barulho resistência de setores governistas ao nome de Ricardo Feder para o MEC:

"Vai Feder!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
E se não for Tovar e nem Bruno em Campina Grande, pelo bloco de Romero?
NÚMERO

1.229

Número de mortos pela covid-19 na Paraíba, segundo boletim da Secretaria de Saúde do Estado (sexta-feira, 10.07.2020)