Bastidores

Calvário, choro e ranger de dentes em Princesa

9 de outubro de 2019 às 12h52
Aledson Moura não segurou as lágrimas e se retirou de estúdio de rádio

Aledson Moura (PSB), vice-prefeito de Princesa Isabel, sofreu um grande baque nesta manhã. Ele foi um dos alvos da quinta fase da Operação Calvário. O endereço visitado dele foi em João Pessoa, mas o político estava na sua terra natal, Princesa, quando soube da notícia. Suspeito de ter repassado vantagens indevidas, ele – dono da Total LAB (fornecedora do IPCEP) – participou do seu programa semanal de rádio na Princesa FM. Emocionado, Aledson chorou e deixou os estúdios antes do fim. O programa seguiu apresentado por dois dos seus irmãos, Alan e Arley Moura. Todos atribuíram o momento dramático ao prefeito da cidade, Ricardo Pereira (PSB), adversário político. Na histórica Princesa, quem um dia foi República Independente, o clima é de guerra.

Vídeo

Meu comentário na Hora H: “Carnaval abre folia eleitoral de 2020”


Canonização

Dona Candinha sobre o encontro do ex-presidente Lula e Francisco, no Vaticano:

"Um santo e o Papa!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Se João Azevêdo e Luciano Cartaxo se entenderem, tem segundo turno em João Pessoa?
NÚMERO

200 mil

Estimativa de público, durante as cinco noites da Festa da Luz, realizada no Parque do Poeta Ronaldo Cunha Lima, em Guarabira.