Bastidores

Enquanto João ‘orava’ com ministro de Bolsonaro, um secretário petista ‘rezava’

8 de outubro de 2019 às 09h45
Luiz Couto evitou o 'calvário' de criticar agenda de João com ministro de Bolsonaro

O ex-deputado federal Luiz Couto (PT), secretário de Agricultura Familiar, não soube da audiência entre o governador João Azevêdo (PSB) e o ministro da Secretaria de Governo, General Ramos. Pelo menos foi o que o padre disse, sem precisar jurar, no confessionário do repórter Albemar Santos, do Portal MaisPB. Perguntado sobre o encontro, Couto se afastou do cálice e disse que passou o fim de semana ocupado em orações, portanto, sem acesso ao noticiário. Detalhe: a reunião foi na sexta e virou manchetes de todos os veículos de comunicação. Petista e opositor do governo Bolsonaro, o padre livrou-se da penitência de criticar o evento nas barbas do governador. Não quer passar pela cruz fora de tempo…

Vídeo

Meu comentário na Hora H: “Carnaval abre folia eleitoral de 2020”


Canonização

Dona Candinha sobre o encontro do ex-presidente Lula e Francisco, no Vaticano:

"Um santo e o Papa!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Se João Azevêdo e Luciano Cartaxo se entenderem, tem segundo turno em João Pessoa?
NÚMERO

200 mil

Estimativa de público, durante as cinco noites da Festa da Luz, realizada no Parque do Poeta Ronaldo Cunha Lima, em Guarabira.