Bastidores

Sérgio Queiroz volta a pregar pela primeira vez após cirurgia do coração

9 de setembro de 2019 às 09h35
Sérgio Queiroz: "O cristianismo não é um código moral. É uma bóia de salvação para os náufragos do mar da vida".

Quase um mês após passar por cirurgia para desobstrução de artéria coronária quase 100% comprometida, Sérgio Queiroz, pastor e secretário de Proteção Global do Ministério dos Direitos Humanos, volto à pregar e dirigir culto na Igreja Cidade Viva, neste domingo (8), em João Pessoa. Foram quatro pregações (7h30, 9h30, 16h e 19h). Na ministração, Sérgio se referiu várias vezes ao que chamou de “encontro”, a experiência do susto de proximidade com a morte. Ele exortou os membros da Igreja a amarem mais a vinda (de Cristo) do que a vida. Na palavra, também, uma fala filosófica sobre a forma como o cristianismo tem sido encarado atualmente, em meio às polarizações ideológicas: “O cristianismo não é um código moral. Não é deixar de fazer isso ou fazer aquilo. Isso é consequencial. O cristianismo é uma bóia de salvação para os náufragos do mar da vida”.

Vídeo

Repórter MaisTV: Paraíba só tem 30 km de ferrovia ativa


Ressignificando

Se a CPMF voltasse, Dona Candinha já estava pronta para traduzir a nova sigla:

"Cota Permanente para Mamar e Ferrar (CPMF)"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
João Azevêdo diz que “há outros motivos por trás” da intervenção no PSB: quais são?
NÚMERO

57%

Percentual de ampliação dos recursos destinados para o Programa de Qualificação das Ações da Vigilância em Saúde – PQA-VS, do Ministério da Saúde, para a Secretaria de Estado da Saúde (SES), valor que saltou de R$ 700 mil para mais de R$ 1,1 milhão.