Bastidores

Para Galdino, decisão do PSB provoca “racha inevitável” e empurra grupo de João para fora

9 de setembro de 2019 às 22h06
Adriano Galdino, presidente da Assembleia

A direção nacional do PSB errou de novo. A opinião é do presidente da Assembleia, Adriano Galdino, em contato já pouco com o Blog. “Errou porque só ouviu um lado e toma uma decisão que só beneficia o grupo do ex-governador Ricardo Coutinho”, criticou. Galdino também faz uma previsão: “O grupo do governador João Azevedo não vai aceitar e o racha é inevitável. João, deputados e lideranças ligadas a ele sairão do PSB”. Adriano é um dos que arrumam as malas. E é ele próprio quem anuncia. “Tão logo tenha uma janela legal eu estarei fora do PSB”. Tradução: o rompimento foi sacramentado hoje em Brasília.

Vídeo

Repórter MaisTV: Paraíba só tem 30 km de ferrovia ativa


Ressignificando

Se a CPMF voltasse, Dona Candinha já estava pronta para traduzir a nova sigla:

"Cota Permanente para Mamar e Ferrar (CPMF)"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
João Azevêdo diz que “há outros motivos por trás” da intervenção no PSB: quais são?
NÚMERO

57%

Percentual de ampliação dos recursos destinados para o Programa de Qualificação das Ações da Vigilância em Saúde – PQA-VS, do Ministério da Saúde, para a Secretaria de Estado da Saúde (SES), valor que saltou de R$ 700 mil para mais de R$ 1,1 milhão.