Bastidores

Repórter MaisTV: Paraíba só tem 30 km de ferrovia ativa

3 de setembro de 2019 às 12h45

Um dado que deveria chamar atenção e preocupar autoridades constituídas. A Paraíba só tem hoje quilômetros de extensão de malha ferroviária ativa. Somente quatro municípios do estado são atendidos estão concentrados na região metropolitana de João Pessoa para o transporte diário de 10 mil passageiros. O abandono que colocou as ferrovias em ocaso é uma coisa do Brasil interior, mas ainda pior em estados mais pobres. Um crime que deixou o País totalmente refém do transporte rodoviário, mais caro e mais perigoso. Esses e outros dados integram uma reportagem especial do Repórter MaisTV, canal de vídeo do Portal MaisPB. A matéria do repórter Albemar Santos teve como fio do novelo a história de Marcos Antônio, maquinista há mais de 20 anos, e cuja história se confunde com a do próprio trem. É ele quem leva passageiros como seu José Antônio – ‘Paraíba do Forró’ –, um sujeito folclórico e divertido que ganha também a vida nos trilhos. Para o leitor, vale a pena assistir. Para as autoridades, vale a pena refletir.

Vídeo

Repórter MaisTV: Paraíba só tem 30 km de ferrovia ativa


Ressignificando

Se a CPMF voltasse, Dona Candinha já estava pronta para traduzir a nova sigla:

"Cota Permanente para Mamar e Ferrar (CPMF)"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
João Azevêdo diz que “há outros motivos por trás” da intervenção no PSB: quais são?
NÚMERO

57%

Percentual de ampliação dos recursos destinados para o Programa de Qualificação das Ações da Vigilância em Saúde – PQA-VS, do Ministério da Saúde, para a Secretaria de Estado da Saúde (SES), valor que saltou de R$ 700 mil para mais de R$ 1,1 milhão.