Bastidores

Crise: vereadora estilhaça vidraça do PSB

16 de agosto de 2019 às 09h56
Sandra Marrocos dá o tom e diz, nas entrelinhas, se tiver racha com quem fica no PSB

Se houver algum golpe no PSB será dado pelos aliados do governador João Azevêdo (PSB). A interpretação é da vereadora Sandra Marrocos para o processo deflagrado para destituir e remover o presidente estadual da legenda, Edvaldo Rosas, nomeado para a Chefia do Governo. Marrocos foi dura com Azevêdo, em entrevista ao Portal MaisPB. “Não tem lógica nenhuma questionar o ex-governador Ricardo Coutinho. Ele tem história e grandeza. Só os grandes fazem o gesto que ele fez [de não disputar o Senado, em 2018]. Seria o maior ato de ingratidão da história política da Paraíba. João Azevêdo nunca foi candidato a vereador, vira governador e acha que ele [Ricardo Coutinho] não tem legitimidade?”. E disse mais: “Se tiver algum golpe, vão dar em Ricardo. Eu não sou mulher de golpe. Foi Ricardo que elegeu e deu existência”. É o clima no Jardim Girassol.

Vídeo

Heron Cid no Hora H: soltura de Queiroz também liberta Planalto


Mal cheirosa

Dona Candinha sobre o barulho resistência de setores governistas ao nome de Ricardo Feder para o MEC:

"Vai Feder!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
E se não for Tovar e nem Bruno em Campina Grande, pelo bloco de Romero?
NÚMERO

1.229

Número de mortos pela covid-19 na Paraíba, segundo boletim da Secretaria de Saúde do Estado (sexta-feira, 10.07.2020)