Bastidores

“Mera cogitação”, reage Eitel à lembrança para equipe da PGR

12 de agosto de 2019 às 10h45
Eitel Santiago (Foto: Walla Santos - ClickPB)

O ex-subprocurador da República, Eitel Santiago, foi lembrado pelo colega Augusto Aras, também subprocurador-geral – favorito para assumir o comando do Ministério Público Federal (MPF) no lugar da Procuradora Geral da República, Raquel Dodge -, para fazer parte da equipe na PGR, uma vez indicado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). Ao jornal Folha de São Paulo, Aras adiantou:“[Se for indicado] Eu começaria no plano administrativo convidando [para ser secretário-geral] o colega Eitel Santiago de Brito Pereira, que, uma vez aposentado, se candidatou [pelo PP] a deputado federal pela Paraíba e como tal apoiou o candidato Bolsonaro e fez um dos discursos mais inflamados contra o atentado [à faca] que sofreu o presidente”, disse. Ao MaisPB, Eitel tratou com cautela o assunto; “Não tenho muito o que falar sobre isso. É uma mera cogitação. Eu fico contente pela lembrança do meu nome, é um reconhecimento do trabalho que fiz no Ministério Público por trinta e três anos”.

Vídeo

MaisTV: especialista defende barreiras migratórias na economia da PB


Na boquinha

Dona Candinha sobre a derrapada do deputado Lindolfo:

"Pires não combina com garrafa!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Qual é a urgência que justifica a destituição do diretório estadual do PSB, eleito até 2020?
NÚMERO

28%

Percentual de universitários brasileiros que gastam mais da metade do orçamento com estudos, conforme pesquisa da Companhia de Estágios.