Brasas

Jogo de conveniências

13 de junho de 2019 às 21h38

Miriam Leitão, em O Globo, sobre as alterações no texto da reforma da Previdência:

“No caso dos estados e municípios formou-se um desses nós políticos do Brasil, um país federativo de enorme fragmentação partidária e no meio de muita polarização. Há governadores que defendem a inclusão, mas que não têm bancada, como o de Minas Gerais, por exemplo. Há governadores que querem se beneficiar da reforma, mas por razões partidárias não assumem a defesa do projeto, como os do PT. Há líderes que são contra por oposição aos seus governadores. Isso sem falar nas realidades distintas entre os 27 estados, que criaram diferenças nos regimes próprios. Por mais que o relator quisesse incluir, ele se deparou com muita divisão entre os líderes. Por fim tentava-se a solução salomônica de colocar o assunto em destaque.”

Vídeo

Repórter MaisTV: na Paraíba, duas Marias lutam para vencer na vida e no judô


Previsão do Tempo

Dona ‘Severa’, interessada nas questões do meio ambiente e atualmente morando na Europa, ligou para a prima para perguntar como estava o clima na Paraíba. Do outro lado da linha, Candinha respondeu:

"Tá pesado!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
A ala da intervenção no PSB vai esticar ou soltar a corda do rompimento com João?
NÚMERO

R$ 24 milhões

Repasse de A União para municípios da Paraíba, nesta sexta-feira (20), na cota do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).