Brasas

“O Mecanismo” e a Paraíba

12 de junho de 2019 às 10h22
KARIMA SHEHATA / NETFLIX - DIVULGAÇÃO

Em várias passagens da trama O Mecanismo, baseada na Lava Jato e em exibição no Netflix, personagem do ex-delegado Marco Rufo, interpretado pelo ator Selton Mello (foto), cita versos do poeta paraibano Augusto dos Anjos. Numa das cenas, ele recita “Psicologia de um Vencido”:

“Eu, filho do carbono e do amoníaco,
Monstro de escuridão e rutilância,
Sofro, desde a epigênese da infância,
A influência má dos signos do zodíaco.
Produndissimamente hipocondríaco,
Este ambiente me causa repugnância…
Sobe-me à boca uma ânsia análoga à ânsia
Que se escapa da boca de um cardíaco.”

Vídeo

Entrevista: Anísio, da “roça” da suplência à “produção” da Assembleia


É pra se benzer

Dona Candinha sobre a pesada entrevista do general e ex-secretário de Governo, para quem o Planalto se enrola num festival de besteiras:

"Santos, Cruz Credo!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Com deputado federal, senadora e vice-prefeito, o PP vai se contentar apenas com a vice na chapa apoiada por Romero em Campina Grande?
NÚMERO

361%

Crescimento da produção parlamentar da Assembleia Legislativa da Paraíba, em comparação ao mesmo período do ano passado.