Bastidores

Para hotéis, malária do Conde é a crise

11 de junho de 2019 às 16h21

Presidente do Sindicato das Empresas de Hospedagem do Conde, Otto Marcelo, garante: para o setor hoteleiro, pior do que o surto de malária é a recessão econômica que assola os brasileiros. Na baixa estação, os empresários sentem os efeitos da baixa lotação. Na semana, a ocupação é praticamente zero. Ele afastou o medo da doença como fator principal. “É a crise mesmo”, resumiu.

Vídeo

Entrevista: Anísio, da “roça” da suplência à “produção” da Assembleia


In Gilmar we trust

Dona Candinha acha que os corruptos estão parafraseando o diálogo de Moro e Dallagnol sobre Fux e conversando entre si:

"Em Gilmar Mendes nós confiamos!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Se a moda pega e hackers começarem a vazar conversas entre magistrados e promotores nos estados?
NÚMERO

R$ 5.443.865,48

Valor empenhado pela Prefeitura de Campina Grande para pagamento de combustíveis, no ano de 2018, segundo relatório de auditoria do TCE, que alertou o município por maior eficiência na compra.