Bastidores

Coordenador do Gaeco-PB vê “orquestração” contra Lava Jato

10 de junho de 2019 às 15h51
Octávio Paulo Neto, coordenador do Gaeco na Paraíba

O coordenador do Gaeco (Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado)do Ministério Público na Paraíba, Octávio Paulo Neto, saiu em defesa do procurador Deltan Dallagnol, responsável pela força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, que teve conversas com o então juiz Sérgio Moro vazadas em reportagem do site “The Intercept Brasil” sobre o andamento da operação.

Ao repórter Maurílio Júnior, do Portal MaisPB, Octávio tratou o fato como “orquestração”: “Não me compete qualquer juízo de valor sobre esses fatos, só posso me pronunciar sobre algo que eu conheça em toda sua extensão, porém é natural esses ataques as estruturas de Estado que lutam contra a corrupção sistêmica, me parece que esse ataque é algo muito bem orquestrado, porém é preciso se aferir a autenticidade e a integralidade”.

Vídeo

Pelos vivos e pelos mortos, uma trégua: vídeo-comentário de Heron Cid na Hora H


Fedeu

Dona Candinha sussurrou baixinho pelo telefone o que fez tão logo terminou de assistir as cenas e palavreado da reunião ministerial de Bolsonaro:

"Dei descarga!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Quem é o adversário hoje com chance de competir com o presidente Jair Bolsonaro?
NÚMERO

5.838

Casos confirmados da covid-19 na Paraíba, segundo boletim desta quarta-feira (20), divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde.