Bastidores

Entrevista: Júnior Araújo, o G10, a faca e o queijo

3 de junho de 2019 às 10h43

De amador, Júnior Araújo só tem o nome. Estreante na Assembleia, o deputado estadual carrega experiência de vice-prefeito e secretário em Cajazeiras. A bagagem facilitou sua vida no plenário do Parlamento Estadual. Ele já chegou como líder do G10, como é chamado o ruidoso bloco paragovernistana Casa. Entre as proposituras apresentadas, Araújo comemora a que garantiu o reconhecimento da produção de laticínio artesanal no Estado. Entre os colegas, Júnior é mais ‘macio’ do que o queijo paraibano que defende. De lá, não pretende sair para consertar o leite derramado de seu grupo em Cajazeiras, que viu a prefeitura escorrer pelos dedos e chegar as mãos do então deputado José Aldemir. Na condução do G10, Araújo prefere atuar na relação com o governo com o queijo. Nada de faca. Confira a entrevista ao autor do Blog, na MaisTV, canal de vídeo do Portal MaisPB.

Vídeo

Repórter MaisTV: câncer de mama, da dor da descoberta à luta pela cura


A estilista daquele modelo

Terta, a vizinha, amanheceu na janela perguntando às amigas da calçada qual cor deveria comprar o vestido para o batizado da neta. Dona Candinha, sem nem ser chamada, gritou da outra janela:

"LARANJA, tá na moda!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Depois de peitar Carlos e Eduardo, os dois filhos de Bolsonaro, como fica o ‘prestígio’ de Julian Lemos com o presidente?
NÚMERO

Posição da Paraíba no Nordeste no Ranking da Competitividade dos Estados, em 2019, levantamento realizado pelo Centro de Liderança Pública.