Bastidores

Xeque-Mate: Catão defende investigação; “Não perco um minuto de sono”

22 de maio de 2019 às 10h21

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), Fernando Catão, não perdeu e nem perderá um minuto de sono pela investigação que suspeita de ação indevida da parte dele contra a construção do Shopping Intermares e em favor do empresário Roberto Santiago. Na sessão de hoje, horas depois das buscas e apreensões em seus endereços, Catão ressaltou a legalidade dos seus atos no processo. “Em que pese o desconforto da medida, não me traz nenhuma estranheza, estamos em um estado de direito, onde todos os cidadãos estão no regime da lei e notadamente os agentes públicos. Vejo com naturalidade. Ninguém mais do que eu quer o aprofundamento da investigação sobre o caso do shopping, porque tenho a consciência plena, tranquila e absoluta que agir dentro da legalidade, cumprindo todos os prazos do Tribunal e seguindo o parecer ministerial (Ministério Público de Contas) quando foi imputada a cautelar suspendendo e a auditoria quando foi pedido a suspensão da cautelar. Tenho consciência tranquila. A não construção daquele shopping em nenhum momento sofreu qualquer interferência por parte desse Tribunal. Agir dentro dentro da minha competência. Não perdi um minuto de sono e não perderei a respeito desse assunto”, arrematou.

Veja os pronunciamentos de Catão e demais conselheiros:

Vídeo

MaisTV: especialista defende barreiras migratórias na economia da PB


Tocando fogo

Dona Candinha está estupefata com a repercussão internacional do desmatamento da Amazônia:

"O governo tá se queimando!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Veneziano Vital resistirá aos apelos do suplente Ney Suassuna para que o senador entre na disputa pela Prefeitura de Campina Grande?
NÚMERO

31,6 bilhões

Litros de etanoL na produção total verificada no 2º levantamento da Safra de cana de açúcar feito pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).