Bastidores

Xeque-mate: confissão de Leto abre cela de Jacqueline

30 de abril de 2019 às 18h08
Jacqueline Monteiro e Leto Viana

No relatório final da Operação Xeque-Mate, a Polícia Federal opina, como providências, pela revogação da prisão preventiva de Jacqueline Monteiro, ex-vereadora, ex-primeira-dama e mulher do ex-prefeito Leto Viana. Em contrapartida, a prisão pode ser convertida pelas medidas cautelares previstas no art. 319, I e II, do Código de Processo Penal. Na justificativa, a PF considera desnecessária, sob o ponto de vista cautelar, a manutenção da segregação de liberdade, depois do depoimento em que o marido confirma o desvio de recursos de salários de servidores com a participação da esposa. Agora, advogados devem requerer o benefício…

Vídeo

Não ouviu? Ouça e reveja programa Hora H desta sexta (17.01.2020)


Novo calendário

Se um dia for parlamentar, Dona Candinha já tem em mente um projeto de lei para instituir um dia de uma categoria em evidência na Paraíba:

"Dia do delator!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Qual é o deadline de Romero Rodrigues para a escolha do seu candidato em Campina Grande?
NÚMERO

R$ 150 bilhões

Aporte que o Governo Federal pretende arrecadar com privatizações de estatais e subsidiárias, em 2020.