Bastidores

Indiciado pela PF, Vítor se diz vítima de “retaliação” de Leto

29 de abril de 2019 às 20h06
Vítor Hugo, atual prefeito de Cabedelo

Vítor Hugo (PRB), atual prefeito de Cabedelo, divulgou no começo da noite um vídeo em que reage ao seu indiciamento no relatório final da Polícia Federal no Caso Xeque-Mate. Ele foi acusado, em depoimento à PF, pelo ex-prefeito Leto Viana de recebimento de R$ 20 mil para adesão e R$ 3 mil para sustentação política. A acusação que levou a PF a indiciá-lo. “Indiciamento este ocorrido por causa de uma confissão criminosa do ex-prefeito Leto Viana, onde ele confessa crimes. Claramente, uma retaliação a tudo que fiz para combater seus atos de corrupção na Prefeitura de Cabedelo”, defendeu-se o prefeito, para quem o ex-prefeito quer “prejudicá-lo politicamente”.

Vídeo

Vídeo: Heron Cid frente a frente com Heron Cid


Toffolada

Dona Candinha sobre a última do presidente do Supremo no Caso Flávio Bolsonaro:

"Ele é um de Dias, e outro de noite!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Ainda tem político no Brasil que se sinta confortável e seguro de trocar mensagens via aplicativos?
NÚMERO

1.500

Previsão de geração de empregos com a criação do HELP – Hospital de Ensino, Pesquisa e Laboratório – da Unifacisa, em Campina Grande.