Bastidores

Como se fabrica uma falsa notícia (por Ricardo Noblat)

29 de abril de 2019 às 10h00

Tudo começou na última sexta-feira, dia 26, quando o canal bolsonarista no Youtube chamado “Point do Leo” divulgou o vídeo sob o título: “Aluna grava professora de cursinho falando mal do governo e do professor Olavo de Carvalho”.

No dia seguinte foi a vez da conta “Escola sem Partido” no Twitter reproduzir o vídeo com o título “Aluna de cursinho passa pito em professora depois da aula”.

O “Terça Livre”, outra conta no Twitter de aliados do presidente Jair Bolsonaro, replicou o vídeo ainda no sábado com o título de “Professora” de cursinho chama Olavo de Carvalho de anta e leva lição de moral de aluna”.

Chegou o domingo, dia 28. Aí foi a vez do autoproclamado filósofo Olavo de Carvalho postar em sua conta no Twitter um elogio à aluna que saíra em sua defesa.

 (Twitter/Reprodução)

Não demorou então para que o próprio Bolsonaro, em sua conta no Twitter controlada pelo garoto Carlos, postasse o vídeo acompanhado da seguinte mensagem: “Professor tem que ensinar e não doutrinar.”

Por volta do meio-dia, ao chegar à casa de seu filho mais velho, o senador Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), em Brasília, Bolsonaro retomou o assunto – desta vez em declarações à imprensa.

– Nós queremos escola sem partido, mas, se tiver partido que seja dos dois lados. Não pode ter um lado só na sala de aula. Isso leva ao que nós não queremos.

No final da tarde, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, achou por bem anunciar que filmar professores em sala de aula “é um direito dos alunos”, e que irá analisar o conteúdo do vídeo compartilhado pelo presidente da República.

Àquela altura, a tal aluna que gravara o vídeo estava em estado de graça. Tamires de Paula se descreve como “ativista politicamente incorreta” e co-fundadora do site “Direita Itapeva”, município paulista.

 (Tamires/Reprodução)

Sim, é também secretária-geral do PSL de Itapeva, partido de Bolsonaro. Em sua conta no twitter, agradeceu a Bolsonaro a reprodução do seu vídeo e se disse honrada com o elogio que recebeu de Olavo de Carvalho.

Prometeu conceder em breve uma entrevista para explicar tudo.

Veja

Vídeo

Repórter MaisTV: câncer de mama, da dor da descoberta à luta pela cura


A estilista daquele modelo

Terta, a vizinha, amanheceu na janela perguntando às amigas da calçada qual cor deveria comprar o vestido para o batizado da neta. Dona Candinha, sem nem ser chamada, gritou da outra janela:

"LARANJA, tá na moda!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Depois de peitar Carlos e Eduardo, os dois filhos de Bolsonaro, como fica o ‘prestígio’ de Julian Lemos com o presidente?
NÚMERO

Posição da Paraíba no Nordeste no Ranking da Competitividade dos Estados, em 2019, levantamento realizado pelo Centro de Liderança Pública.