Bastidores

Bolsonaro quer consertar a geladeira enquanto a casa pega fogo (por Bruno Boghossian)

26 de abril de 2019 às 14h00
Jair Bolsonaro durante cerimônia de assinatura de decreto que põe fim ao horário de verão, no Palácio do Planalto - Pedro Ladeira/Folhapress

Em sua última transmissão nas redes sociais, Jair Bolsonaro contou que aprendeu a consertar geladeiras quando era tenente do Exército. O ofício não tinha relação com a carreira militar, mas ele fez o curso porque não queria pagar um técnico para fazer o serviço.

No governo, o presidente também tenta resolver por conta própria questões laterais e corriqueiras. A diferença é que, agora, ele quer fazer a manutenção dos eletrodomésticos enquanto a casa pega fogo.

Bolsonaro patina diante do desafio de retomar o crescimento econômico e não consegue aprovar seus projetos no Congresso, mas prefere trabalhar como gerente de marketing, fiscal escolar e agente de viagens.

Nos últimos dias, o presidente resolveu procurar encrenca numa propaganda encomendada pelo Banco do Brasil. O vídeo de 30 segundos pretendia atrair correntistas jovens e usava um elenco que representava a diversidade racial e sexual.

Por uma razão qualquer, Bolsonaro não gostou do vídeo. De acordo com o jornal O Globo, ele mandou engavetar a campanha e pediu a cabeça do diretor de comunicação do banco. É difícil entender por que o chefe do Executivo se ocupa da avaliação de um comercial e da demissão de um funcionário de terceiro escalão.

O presidente também quer dar palpites no turismo. Em um café com jornalistas, ele disse que o Brasil não deve ser considerado um destino gay. “Quem quiser vir aqui fazer sexo com mulher, fique à vontade”, incentivou, segundo relato da revista Crusoé. Resta descobrir quem vai fiscalizar a rotina dos viajantes.

Bolsonaro ainda visitou nesta quinta (25) o novo ministro da Educação. A principal orientação do presidente foi um pedido de corte no financiamento de escolas do MST. Nem parece que o setor ficou parado por quase cem dias devido à inabilidade completa do chefe anterior da pasta.

Na semana em que tudo isso aconteceu, o país registrou o fechamento de 43 mil vagas de emprego. O mercado reduziu a projeção de crescimento do PIB pela oitava vez seguida.

Folha

Vídeo

Repórter MaisTV: câncer de mama, da dor da descoberta à luta pela cura


A estilista daquele modelo

Terta, a vizinha, amanheceu na janela perguntando às amigas da calçada qual cor deveria comprar o vestido para o batizado da neta. Dona Candinha, sem nem ser chamada, gritou da outra janela:

"LARANJA, tá na moda!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Depois de peitar Carlos e Eduardo, os dois filhos de Bolsonaro, como fica o ‘prestígio’ de Julian Lemos com o presidente?
NÚMERO

Posição da Paraíba no Nordeste no Ranking da Competitividade dos Estados, em 2019, levantamento realizado pelo Centro de Liderança Pública.