Bastidores

Cabedelo: denúncias na Câmara e Santino no lucro

24 de abril de 2019 às 10h57

A Câmara de Cabedelo decidiu ontem acatar denúncia para investigar vereadores afastados por decisão judicial no âmbito da operação Xeque-Mate, que pegou o ex-prefeito Leto Viana e todo um esquema em seu entorno. Se agirem pelo mínimo decoro parlamentar, o destino de todos será a cassação. Mas há uma curiosidade. Antes, o Poder Legislativo local, via CPI, descobriu situações escabrosas envolvendo o ex-presidente da Casa, Lucas Santino. Com pagamentos a servidores fantasmas e até contratos com empresa de fachada cujo pagamento de R$ 225 mil foi parar na conta da mãe do ex-gestor. Coisa tão grave quanto o que se apurou em relação aos demais vereadores. Como se sabe, Lucas é delator na Xeque-Mate. Livre, leve e solto, para Santino o que a Câmara identificou está saindo barato.

Vídeo

Vídeo: Heron Cid frente a frente com Heron Cid


Mumificação

Dona Candinha já comprou um remédio para garantir que estará bem até conseguir se aposentar:

"Formol!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Ainda tem político no Brasil que se sinta confortável e seguro de trocar mensagens via aplicativos?
NÚMERO

1.500

Previsão de geração de empregos com a criação do HELP – Hospital de Ensino, Pesquisa e Laboratório – da Unifacisa, em Campina Grande.