Bastidores

Polo do Cabo Branco: Estado prepara edital para construção de resorts

17 de abril de 2019 às 15h17

Somente três décadas depois, o Polo Turístico do Cabo Branco começou a ganhar forma com a inauguração do Centro de Convenções de João Pessoa, sob o governo Ricardo Coutinho. Destravar o setor hoteleiro, concebido nos distantes anos 80, continua sendo o grande desafio. Empresários e famílias ricas paraibanas ganharam a concessão de terrenos, mas até hoje nenhuma delas fez valer a finalidade da doação. O Estado tomou uma providência para apressar esse processo e tirar o projeto do papel. Está em gestação um edital de abertura de cinco lotes para construção de resorts. O alvo são redes nacionais e internacionais. “O grande problema do polo sempre foi fundiário”, reconheceu, hoje, o governador João Azevedo. Esse é o primeiro passo de preparação para investimento turístico na área, o que obriga atuas “proprietários” da cessão pública a se movimentarem, sob pena de perda do direito. Já era tempo. Afinal, são trinta anos de desvio de finalidade de um bem público que só serve para especulação imobiliária. E que muitos herdeiros já contam como herança.

Vídeo

Vídeo: Heron Cid frente a frente com Heron Cid


Mumificação

Dona Candinha já comprou um remédio para garantir que estará bem até conseguir se aposentar:

"Formol!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Ainda tem político no Brasil que se sinta confortável e seguro de trocar mensagens via aplicativos?
NÚMERO

1.500

Previsão de geração de empregos com a criação do HELP – Hospital de Ensino, Pesquisa e Laboratório – da Unifacisa, em Campina Grande.