Brasas

Lígia, o PDT a e previdência

16 de abril de 2019 às 17h29

Ao lado do presidente nacional do PDT, em Brasília, a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) afinou o discurso contra a reforma da Previdência. “Somos contrários a uma proposta como esta, pois dará ao país uma legião de idosos sem recursos para o sustento e aos direitos mais básicos”, assinalou a vice-governadora”, disse. Ela se refere ao Benefício de Prestação Continuada (BPC). Pela proposta do governo, somente os maiores de 70 anos em condição de miserabilidade terão direito ao benefício no valor atual de um salário mínimo (R$ 998,00). Os idosos com idades entre 60 e 69 anos passarão a receber apenas R$ 400,00.

Vídeo

Vídeo: Heron Cid frente a frente com Heron Cid


Mumificação

Dona Candinha já comprou um remédio para garantir que estará bem até conseguir se aposentar:

"Formol!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Ainda tem político no Brasil que se sinta confortável e seguro de trocar mensagens via aplicativos?
NÚMERO

1.500

Previsão de geração de empregos com a criação do HELP – Hospital de Ensino, Pesquisa e Laboratório – da Unifacisa, em Campina Grande.