Bastidores

“Achamos que Lula era eterno”, reconhece presidente do PT-PB

8 de abril de 2019 às 16h44
Jackson Macêdo, presidente estadual do PT

No aniversário de um ano da prisão do ex-presidente Lula, o presidente estadual do PT na Paraíba, Jackson Macêdo, reconheceu: em quase quatro décadas de fundação, a sigla não se preparou para viver sem seu maior líder: “A gente achou que Lula era uma figura eterna, como Matusalém. O PT precisa pensar o PT pós-Lula. O PT está fazendo esse debate. Acredito que nos próximos 50 anos não conseguiremos fazer outro líder como ele. Essas figuras como Lula e Mandela nascem uma vez a cada 100 anos”. A síndrome da ‘lulodependência’ crônica.

Vídeo

No Palácio: ‘Ouvidoria’ escuta demandas de deputados governistas


Loucura

Dona Candinha mandou telegrama para a direção do PSL sugerindo um lugar para o partido e o presidente sentar e se entender:

"Um manicômio!"
PONTO DE INTERROGAÇÃO
Até quando o maior ‘esporte’ da Paraíba será ‘política’?
NÚMERO

Posição da Paraíba no Nordeste no Ranking da Competitividade dos Estados, em 2019, levantamento realizado pelo Centro de Liderança Pública.