Bastidores

“Achamos que Lula era eterno”, reconhece presidente do PT-PB

8 de abril de 2019 às 16h44
Jackson Macêdo, presidente estadual do PT

No aniversário de um ano da prisão do ex-presidente Lula, o presidente estadual do PT na Paraíba, Jackson Macêdo, reconheceu: em quase quatro décadas de fundação, a sigla não se preparou para viver sem seu maior líder: “A gente achou que Lula era uma figura eterna, como Matusalém. O PT precisa pensar o PT pós-Lula. O PT está fazendo esse debate. Acredito que nos próximos 50 anos não conseguiremos fazer outro líder como ele. Essas figuras como Lula e Mandela nascem uma vez a cada 100 anos”. A síndrome da ‘lulodependência’ crônica.

Vídeo

Vídeo: Heron Cid frente a frente com Heron Cid


Toffolada

Dona Candinha sobre a última do presidente do Supremo no Caso Flávio Bolsonaro:

"Ele é um de Dias, e outro de noite!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Ainda tem político no Brasil que se sinta confortável e seguro de trocar mensagens via aplicativos?
NÚMERO

1.500

Previsão de geração de empregos com a criação do HELP – Hospital de Ensino, Pesquisa e Laboratório – da Unifacisa, em Campina Grande.