Bastidores

Sinais exteriores nada animadores. Por Míriam Leitão

6 de abril de 2019 às 13h00
Paulo Guedes (Foto: Fernando Frazão Agencia Brasil)

O Brasil terá um saldo forte na balança comercial, mas os números deste começo de 2019 mostram alguns dos desafios que o comércio exterior enfrenta. Exportações e importações recuaram no primeiro trimestre. Houve uma queda de 9,8% nas vendas de produtos industriais. Elas foram afetadas pela crise econômica na Argentina, pelas incertezas da guerra comercial entre EUA e China e pela desaceleração global. Cada US$ 1 bilhão a menos de exportação de manufaturas compromete cerca de 50 mil postos de trabalhos qualificados, segundo a Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB). A volatilidade do dólar atrapalha os investimentos via importação.