Bastidores

Sales Junior, de mototaxista a prefeito interino de Patos

4 de abril de 2019 às 22h28
Sales Junior, prefeito interino de Patos

Sales Júnior, até então presidente da Câmara Municipal, será às 16h desta sexta-feira o novo prefeito interino de Patos, com a renúncia do vice Bonifácio Rocha (PPS) e o afastamento há meses do prefeito eleito  Dinaldo Filho (PSDB). Filiado ao PRB, Junior foi eleito com 1.207 votos. Ele é aliado do grupo do deputado estadual Nabor Wanderley (PRB), ex-prefeito do município. “Vou tomar pé da situação, porque assumirei sem transição, ver como se encontra as finanças e a parte administrativa, o relacionamento entre prefeitura e fornecedor, custeio da máquina, índices de gastos e o diálogo entre servidores”, disse o vereador ao Blog, por telefone.

No terceiro mandato de vereador, ele é cristão evangélico e coordenador do evento gospel “Jesus é Bom Demais”, que atrai uma multidão à cidade uma semana antes do São João.

Sales assume o cargo diante de um cenário conturbado. O prefeito Dinaldinho – como é mais conhecido – luta na Justiça para retornar ao cargo do qual foi afastado por determinação judicial. Ao mesmo tempo, a Câmara abriu um processo de cassação do tucano.

Ao que tudo indica, o prefeito interino – com o Executivo sob seu domínio e bem relacionado com o Legislativo – vai trabalhar pelo impeachment, o que lhe garantiria a permanência definitiva no cargo.

Antes da carreira política, Junior foi ourives e mototaxista onze anos. Agora, empinado na Prefeitura, tem tudo para acelerar.

Vídeo

Vídeo: Heron Cid frente a frente com Heron Cid


Toffolada

Dona Candinha sobre a última do presidente do Supremo no Caso Flávio Bolsonaro:

"Ele é um de Dias, e outro de noite!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Ainda tem político no Brasil que se sinta confortável e seguro de trocar mensagens via aplicativos?
NÚMERO

1.500

Previsão de geração de empregos com a criação do HELP – Hospital de Ensino, Pesquisa e Laboratório – da Unifacisa, em Campina Grande.