Bastidores

Julian contesta “gelo” na relação com Bolsonaro

15 de março de 2019 às 13h27
Julian Lemos e o presidente, em audiência; deputado usa foto para refutar postagem do Blog

Respeitosamente, Julian Lemos, deputado federal do PSL, contactou o Blog, por telefone. Ele refutou postagem de leitura jornalística e opinativa que, em resumo, aponta na direção de um esfriamento na relação dele com o presidente Jair Bolsonaro, marcada ao longo dos últimos anos por uma proximidade que mereceu inclusive aqui mesmo um artigo sobre a influência do paraibano junto ao ex-capitão.

Para tanto, Lemos – entusiasta bolsonarista de primeira hora na Paraíba – contestou de imediato a imagem publicada como a última postada pelo parlamentar em que figurou com Bolsonaro. A foto usada para ilustração da matéria foi de 28 de novembro do ano passado.

Julian mandou uma de 8 de janeiro deste ano em que aparece na sala do presidente num encontro a dois, separados por uma espaçosa mesa e em clima bem diferente da amistosidade e intimidade de outrora. Postada no Instagram, a fotografia não tem menção ao tema da conversa entabulada. Apenas um vago “Lealdade, ontem, hoje, e sempre!”.

“Olhe a data. Errou. Essa sua matéria sobre novembro não é verdade, aí está a foto, provei que errou. Mês passado também estive”, corrigiu o aguerrido deputado, sem precisar ao certo a data e o objetivo desse novo encontro, que não mereceu o costumeiro registro nas suas redes sociais.

Coincidência ou não, as coisas parecem ter mudado entre os dois depois do conflito público do deputado com o vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, que desautorizou o paraibano em tuitadas.

Sobre a fotografia de novembro, ilustrada aqui, de fato não fora a última, como constatado. Nesse ponto, o Blog errou e não tem nenhuma dificuldade de reconhecer, diferente de Julian que prefere, e tem todo o direito, não admitir uma nova realidade que fala mais do que palavras. E imagens.

Postagem de Julian Lemos nas redes sociais

Vídeo

Vídeo: líder da oposição surpreende e fala em “posições positivas” de João


Nulidades

Para Dona Candinha, o governo tem uma categoria mais problemática do que a dos idiotas úteis:

"A dos idiotas inúteis!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Há bombeiros com água suficiente para esfriar o clima de acirramento interno entre o PSB e o governo?
NÚMERO

12,4%

Número de estagiários com mais de 27 anos, segundo pesquisa realizada pela Companhia de Estágios.