Bastidores

João constrói pontes

22 de fevereiro de 2019 às 12h27

Aos poucos, o governador João Azevedo (PSB) vai distensionando a árida relação do Governo do Estado com o Palácio do Planalto.

Do seu jeito e modo, e de forma administrativa, Azevedo remove as muitas pedras nesse caminho – frutos da peleja eleitoral de 2018 e da posição frontal do PSB paraibano em favor de Haddad e contra Jair Bolsonaro.

Passos estão sendo dados com boa vontade recíproca.

A visita ao Estado dos ministros Gustavo Canuto, do Desenvolvimento Regional, e de Tereza Cristina, da Agricultura, a audiência da vice-governadora Lígia Feliciano com a ministra Damares Alves e o encontro de João com o superministro Paulo Guedes.

Esse é um encaminhamento, de parte a parte, de responsabilidade institucional. A relação civilizada é salutar e democrática.

Divergências à parte, o que deve unir é uma convergência maior: o interesse público.

João e representantes do Governo Federal estão agindo com maturidade. A Paraíba – que está acima das disputas partidárias – agradece.

Vídeo

Entrevista: engenheiro elétrico, deputado dá receita contra “curto-circuito” na AL


Fogo amigo!

Dona Candinha sobre o incêndio interno entre alas do PSB e setores do governo:

"Especialista em recursos hídricos, João Azevedo precisará de muita água para apagar esse fogueira!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Há bombeiros com água suficiente para esfriar o clima de acirramento interno entre o PSB e o governo?
NÚMERO

R$ 24.333.778,89

Recursos que serão recebidos, via FPM, pelas prefeituras paraibanas no mês de maio.