Opinião

Luciano Cartaxo; convém não subestimá-lo

21 de fevereiro de 2019 às 09h24 Por Heron Cid
Prefeito de João Pessoa conta com um trunfo em especial: uma gestão aprovada pela grande maioria dos pessoenses, segundo números internos

Nas avaliações políticas, costuma-se pecar pela visão imediata, superficial e geralmente precoce. O calor do momento sempre influi no termômetro.

É o caso das apressadas impressões e previsões sobre a sucessão municipal, em João Pessoa. Há quem julgue, apressadamente, como favas contadas a volta do PSB ao comando da Prefeitura.

De fato, o partido, ao arrebatar pela terceira vez o Palácio da Redenção, tem força, prestígio eleitoral e massa política para a iminente disputa.

Sobretudo, se tiver como candidato Ricardo Vieira Coutinho, que saiu consagrado das urnas como o grande e absoluto eleitor do processo de 2018.

Mas, do outro lado da praça não há patos mortos. Bem vivo está o prefeito Luciano Cartaxo e um grupo político bem entranhado nas bases sociais da cidade, ramificado e enraizado pelas estruturas e presença da gestão municipal.

Luciano conhece João Pessoa com a palma da mão, tem relacionamento próximo com vereadores, lideranças políticas, é leve, arejado e conta com um trunfo em especial: uma administração com alto desempenho de aprovação, segundo os números internos.

E é esse quesito que faz dele um cabo eleitoral com potencial na sua própria sucessão. A alta avaliação positiva da gestão dá a qualquer gestor performance, discurso e tarimba para pedir o crédito de continuidade ao eleitor.

O próprio Ricardo com o “técnico” e então secretário João Azevedo é a prova mais recente.

Pelo histórico de Cartaxo, convém não subestimar sua capacidade política.

Vídeo

Entrevista: engenheiro elétrico, deputado dá receita contra “curto-circuito” na AL


Abraham Weintraub

Dona Candinha diz que a Educação no Brasil está igual ao nome do ministro:

"Difícil! "

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Há bombeiros com água suficiente para esfriar o clima de acirramento interno entre o PSB e o governo?
NÚMERO

R$ 24.333.778,89

Recursos que serão recebidos, via FPM, pelas prefeituras paraibanas no mês de maio.