Bastidores

Haddad não é mais Lula. Por Ricardo Noblat

11 de outubro de 2018 às 09h41

Onde antes você lia: “Haddad é Lula e Lula é Haddad”; agora leia: “Presidente Haddad, vice Manuela”. Onde antes havia vermelho, agora há azul, amarelo e verde. Lula sumiu.

A mudança no visual das peças de campanha de Fernando Haddad (PT) poderá não lhe garantir mais votos, mas é possível que diminua a resistência ao seu nome.

O candidato do PT quer se transformar no candidato de uma frente democrática onde caberá quem queira entrar. A mudança chega tarde quando são mínimas as condições de ele se dar bem.

Veja

Vídeo

Entrevista: Anísio, da “roça” da suplência à “produção” da Assembleia


APP

Dona Candinha já tem novo nome sobre o aplicativo de mensagens russo:

"Telegrampo!"

PONTO DE INTERROGAÇÃO
Com deputado federal, senadora e vice-prefeito, o PP vai se contentar apenas com a vice na chapa apoiada por Romero em Campina Grande?
NÚMERO

361%

Crescimento da produção parlamentar da Assembleia Legislativa da Paraíba, em comparação ao mesmo período do ano passado.